Please reload

Posts Recentes

2020: estamos grávidos! O início da auto gestação planetária.

January 1, 2020

1/5
Please reload

Posts Em Destaque

Em que frequência você vibra?

May 20, 2019

A Transição Planetária está diretamente relacionada com a mudança da frequência planetária que está intimamente ligada com a frequência em que cada um de nós está vibrando e, o cientista e médico, Dr. Hawkins, descobriu que pra que a gente não se autodestrua, é necessário um nível de consciência de 200 hertz. 


Então vamos aos cálculos (porque D'Eus é matemático): pessoas que estão em situação de desespero vibram em 50 hertz, 
as deprimidas 75 hertz, 
as raivosas 150 hertz, 
já as que sentem alegria vibram em 540 hertz, 
as que estão em paz em 600 hertz, 
e as que vibram aceitação 350 hertz.

Agora vamos considerar os 7,7 bilhões de habitantes desse planeta, em que frequência você acha que vibra a massa? Pensa em você! Como é a sua vibração no seu dia a dia? Estatisticamente não tenho essa informação, mas olhando pro que vejo no mundo externo, creio que a maior parte da população ainda vibra em uma frequência baixa. Ué, mas se a maioria vibra abaixo de 200 hertz, como é que a gente não se autodestruiu? Porque tem uma massa coletiva que está vibrando acima de 200 hertz e está sustentando todos os que estão vibrando abaixo de 200 hertz.

 

Dr Hawkins dizia que a força coletiva de 15% da população contrabalancea a negativa de 85%. E a Transição Planetária é sobre isso, sobre a frequência do planeta (formada a partir da soma das frequências dos indivíduos), sobre estarmos passando por um período onde os véus (campos de energia) que envolvem a Terra estarem caindo (mudando de frequência), porque PRECISAMOS entrar numa nova frequência e, pra isso, 33,3% da população precisa vibrar na frequência do Amor… para que toda a população mundial seja influenciada por essa onda e afete a frequência planetária.

E na escala do Dr Hawkins, o Amor incondicional está situado em uma frequência de 500 hertz, um estado que busco estar/vibrar sempre, mas que nessa dimensão terrena e a partir das escolhas que faço no meu dia a dia (o que como, se pratico ou não atividade física, se medito ou não, etc) me aproximam ou me distanciam dessa vibração. E falo de mim porque cada um de nós faz parte desse “projeto”. Manter a frequência na vibração da paz, da aceitação, da alegria, da compaixão, da empatia, do amor é o que precisamos fazer.

 

U.R.G.E.N.T.E.M.E.N.T.E.

 

 

Please reload

Siga
Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square