"Escrevo para mim, para que eu sinta a minha alma falando e cantando, às vezes chorando. Escrever é procurar entender, é procurar reproduzir o irreproduzível, é sentir até o último fim o sentimento que permaneceria apenas vago e sufocador.
Escrever é também abençoar uma vida que não foi abençoada.

- Clarice Lispector -

May 23, 2017

Creio que um dos maiores desafios da nossa espécie é o não julgamento. Dizem que não é possível não julgar. Posso falar por mim.

Há 21 anos atrás eu não tinha a mínima Consciência que existia um julgador em mim, a minha mente analisava, enquadrava e julgava como um processo m...

March 2, 2017

Por muito e muito anos tentei entender e treinar o estado Zen, mas ele só se fez presente nos instantes em que deixei de tentar e me entreguei.

Me entreguei ao nada.

Ao não saber.

Ao não entendimento. 

Durante muito tempo o meu Caminho foi: muito conhecimento e prática...

May 29, 2016

Era só uma criança.

 

Era só uma criança de 8 anos.

 

Era só uma criança de 8 anos tendo aula com um senhor com mais de meio século de idade.

 

Uma criança assustada com aquela mão que acariciava suas pernas enquanto ela dedilhava algumas notas.

 

Uma criança que não gritava di...

May 26, 2016

Eu sinto muito.

Eu sinto muito por toda agressão física, sexual, moral e psicológica do passado e do presente.

Eu sinto muito por cada grito preso na garganta, por cada choro escondido, por ser ignorada no seio da sua própria família, por todo e qualquer julgamento e negligênc...

Please reload

March 2, 2017

May 26, 2016

Please reload